Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

Reconectar com os Hábitos Diários

Lista de Hábitos - Agosto 2020

Está na altura de reciclar a minha lista de hábitos diários. Esta é uma ideia que encontrei inicialmente no blogue Kevin Habits, e que achei bastante interessante como uma forma de criar novas rotinas.

De referir que na lista não contam hábitos já formados, e que já estão plenamente engrenados no meu dia a dia, como é o exemplo das finanças pessoais com o hábito da poupança ou da literacia financeira.

Se no entanto algum dos hábitos descarrilar e for importante, será novamente adicionado à lista.

Os hábitos que pretendo acompanhar são:

  • Acordar ao primeiro toque: porque fico na cama mais de 20 minutos depois do despertador tocar e perco tempo valioso.
  • Comunicação 80/20: porque quero ouvir 80% do tempo e falar apenas 20% do restante. Este hábito é inspirado no Princípio de Pareto, ou regra 80/20, onde 80% dos resultados advêm de 20% do esforço. Falar pouco é também considerado um dos segredos da influência pessoal.
  • Caminhar de manhã e de tarde: porque é importante fazer uma pequena pausa no trabalho e exercitar o corpo.
  • Alimentação vegetariana: porque produz bem estar e dá energia. Embora não seja fundamentalista, o objetivo é confecionar mais refeições saudáveis.
  • Praticar yoga: porque quero dedicar mais tempo ao yoga, considerando que muitas vezes faço uma sessão reduzida que acaba por não ser tão eficaz.
  • Relaxar a visão através de exercícios dedicados: porque tenho uma miopia elevada e trabalho excessivamente ao perto.
  • Finalmente, contactar alguém ou dar uma palavra a um familiar ou colega: porque quero equilibrar a minha personalidade introvertida com o lado social.

Saber Quando Parar

Cadeiras na areia junto praia

Todas as atividades intensas requerem descanso. É impossível para o ser humano manter uma elevada produtividade sem parar por uns momentos de forma a recuperar energias.

O famoso caso do banqueiro português António Horta Osório que numa posição de topo como presidente do banco Lloyds de Inglaterra quando assumiu em público um esgotamento que o obrigou a parar, foi amplamente divulgado nos meios de comunicação social.

Como Horta Osório, existem muitas outras figuras públicas e privadas que se viram obrigadas a “encontrar tempo” para descansar e recuperar das suas vidas agitadas.

A forma mais óbvia é dedicar pelo menos um dia por semana para fugir das rotinas habituais como é o caso de um emprego ou trabalho intensos.

Pessoalmente tenho o sábado para me libertar do mundo do trabalho e principalmente dos mercados financeiros no qual invisto de forma ativa na bolsa de valores. Embora os mercados estejam fechados durante o fim de semana, tem sido hábito fazer análise de títulos de ações e ler publicações financeiras em tempo de lazer.

A vantagem do verão é que facilita o descanso, principalmente com a praia. É muito difícil estar sentado na toalha de praia a trabalhar com um portátil e mais difícil ainda mergulhar no mar com um livro ou caderno de apontamentos. Saber quando parar é uma virtude, e sempre podemos aproveitar melhor o verão para ter um repouso merecido.

Dilemas de uma Carreira Profissional

Pessoas a andar, pernas desfocado

Como muitos portugueses tirei uma licenciatura na expetativa de ter um futuro melhor, tendo trabalhado sempre na mesma área profissional depois de concluir o curso. Recentemente adicionei um mestrado à minha formação, e pelo meio concluí uma pós-graduação.

Tanto a licenciatura como o mestrado são na mesma área, enquanto a pós-graduação é mais genérica na área da gestão. Tecnicamente tenho todas as competências necessárias à execução de um excelente serviço além de ter uma experiência vasta.

O próximo passo na minha carreira passa inevitavelmente por ser reconhecido numa função de direção num cargo perto do topo. No entanto, e sabendo disto, nunca estabeleci verdadeiramente como objetivo concorrer ou procurar ativamente um cargo deste tipo.

Penso que um dos motivos, é o facto do meu trabalho envolver lidar com muitos indivíduos, cada um com a sua própria agenda, o que leva inevitavelmente à gestão de conflitos. Estes conflitos aliados à minha personalidade e natureza ansiosa têm historicamente causado períodos de grande cansaço/esgotamento. Subir na escada corporativa requer uma determinada aptidão e gosto por jogar com as leis do poder.

Outro dos motivos é que sempre preferi desenvolver atividades paralelas, como o yoga ou o investimento na bolsa, que me ocupassem o tempo e a energia em detrimento de evoluir na carreira para o qual estudei. Atividades inerentemente mais para um introvertido do que para um extrovertido.

O que pensamos quando escolhemos um curso e a realidade da vida profissional são bem diferentes, havendo a necessidade de uma adaptação contínua se queremos manter a sanidade mental e evoluir seja em que sentido for. Isto é o dilema de uma carreira profissional.

Persona

Avatar rosto - Persona

Esta semana entrei numa loja FNAC para consultar a seção dos livros, um dos meus passatempos favoritos. Infelizmente em Portugal a edição de novos livros é diminuta, e salvo algumas excepções, vejo-me a rever os mesmos livros de sempre.

Abri e desfolhei Marketing de Conteúdo - A Moeda do Século XXI de Rafael Rez. A gestão de conteúdos é de extrema importância para quem tem um blogue e quer ser encontrado nos principais motores de busca.

A premissa deste tipo de marketing é simples: criar conteúdos que os potenciais leitores possam estar interessados com o objetivo de desenvolver artigos, imagens e vídeos que vão de encontro às suas necessidades.

Um dos temas centrais antes da publicação de qualquer material é o desenvolvimento de um persona, que é definido como o leitor ideal para o qual o blogger escreve. Todo o material publicado deverá ser dirigido a esta persona, para a consistência do blogue.

Fiquei a pensar qual será a persona ou leitor ideal a que o blogue The Daily Habit se dirige, mesmo não tendo fins lucrativos, como é o caso. Tratando-se de um diário de produtividade pessoal, naturalmente o persona principal sou eu próprio, mas todos os leitores em situação idêntica podem beneficiar.

No espírito do que muitos consideram o pai da economia moderna,Adam Smith, afirma que ao pensarmos no nosso interesse próprio, acabamos por beneficiar a sociedade e consequentemente a economia.

Aqui fica a descrição da persona ou leitor ideal a que este blogue é dirigido, servindo de base à seleção e publicação de todos os conteúdos.

  • Trabalha ou exerce funções numa organização ou empresa.
  • Ainda não atingiu o pico na carreira.
  • Sabe que o sucesso numa organização vai muito mais para além de competências ou conhecimentos técnicos.
  • Pretende dominar as técnicas de influência e relações interpessoais.
  • Quer desenvolver técnicas de gestão do tempo para ser mais eficaz.
  • Quer poupar e aprender a investir as suas pequenas poupanças de uma forma ativa.
  • Tem muita atividade precisando de encontrar e cultivar momentos de lazer e pausa que promovam a recuperação de energia e melhor saúde.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D