Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

30 Artigos em 30 Dias: Mais um Desafio Literário Concluído

Depois de 30 artigos em 30 dias concluí o desafio “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas” inspirado no livro de Dale Carnegie. Foram publicados 30 princípios intemporais no domínio das relações humanas e desenvolvimento pessoal.

Devo confessor que senti este desafio mais leve que o anterior das “48 Leis do Poder” baseado na obra de Robert Greene.

São dois grandes livros de liderança com técnicas de influência interpessoais, mas antagonistas na sua abordagem. Enquanto o livro de Carnegie parte da premissa de que as pessoas têm bons valores e que ao ter uma atitude “mais correta” conseguimos as influenciar, já o livro de Greene parte da premissa de que o ser humano é egoísta por natureza, e que para influenciar este é preciso recorrer a tácticas de uso do poder “menos convencionais".

No fundo os dois livros complementam-se. São uma espécie de yin e yang da filosofia chinesa, como forças complementares e opostas que se encontram em todas as coisas.

Carnegie funciona como a face em que devemos nos apresentar ao mundo, e Greene como o lado estratégico e de planeamento em que devemos trabalhar.

O Sucesso Está nos Pormenores

Nas duas últimas semanas não tenho publicado tanto quanto gostaria no The Daily Habit, porque estou a desenvolver outro blogue dedicado ao livro de Dale Carnegie “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”, além de estar intensamente a desenvolver a minha estratégia de investimento nos mercados financeiros.

O projeto do blogue termina esta semana, e se tudo correr bem, irei iniciar um novo projeto relacionado com outro livro clássico de liderança e estratégia (a anunciar em breve), sendo que antes irei fazer uma pausa de pelo menos uma semana nos projetos literários.

Irei aproveitar para publicar um artigo por dia no The Daily Habit, e consolidar o meu diário de produtividade pessoal com os últimos desafios profissionais e pessoais, e dedicando tempo ao corpo e mente para uma maior energia para enfrentar e resolver os inevitáveis problemas.

Para ter sucesso em alguma área da vida, é preciso em primeiro lugar muita dedicação, impulsionada por uma auto motivação ainda maior. A concorrência é feroz em tudo o que vale a pena conquistar, pelo que o “mercado” só premeia os que verdadeiramente estão dispostos a fazer de tudo para atingir os seus objetivos.

No início, quando estamos a aprender algo de novo, só conseguimos ter uma perceção geral da realidade. À medida que vamos avançando no conhecimento e na experiência, a realidade vai ficando mais clara. Depois de muitas centenas e milhares de horas dedicados a uma matéria, conseguimos finalmente avistar toda a dimensão da realidade, e de quanto pequenos somos perante a mesma.

Nesta altura de consciência plena, conseguimos finalmente nos aperceber dos detalhes e pormenores que fazem toda a diferença, e que constituem a nossa vantagem competitiva num mundo sem tempo para desculpas.

Manter a Calma e Racionalidade num Ambiente Hostil

Uma das leis do poder de Robert Greene é vencer pelas atitudes e não discutir, enquanto um dos princípios de Dale Carnegie é não criticar, não condenar e não se queixar.

Em retrospetiva, penso que fui bastante prejudicado na minha carreira por não obedecer a esta lei e princípio. Em vez de jogar o jogo do poder, deixo que as ações das outras pessoas “fervilharem” na minha cabeça, causando um aumento súbito da ansiedade.

O resultado é uma resposta desadequada, que embora ajude a proteger o meu ego e aliviar o stress no momento, a longo prazo é uma estratégia que se vira contra mim.

Poderei ter razão em relação às ações dos outros, que poderão não ser as mais corretas, mas a minha reação acaba por dar aos meus oponentes factos que poderão utilizar no futuro contra mim.

Aliás, esta é uma das leis do poder, agitar as águas para atrair o peixe, em que descreve que raiva e reações emocionais são contraproducentes do ponto de vista estratégicos, e que se conseguirmos irritar o inimigo sem perder a calma, adquire-se uma enorme vantagem.

Se vou seguir ou não estas leis e princípios no futuro, e se quero progredir na minha carreira profissional, não existe outra alternativa senão seguir as mesmas. Poderei por exemplo, e nos dias em que os outros “agitam as minhas águas”, deixar as decisões para o dia seguinte, onde já consigo olhar mais racionalmente para a situação em questão, evitando reações imediatas.

Mesmo que não pretenda progredir profissionalmente, é uma questão de respeito, e dos outros não abusarem das suas posições.

Quatro Semanas em Teletrabalho: Novos Hábitos de Produtividade

Parece incrível que já passaram quatro semanas desde que vim para casa em teletrabalho. Os primeiros dias custaram um pouco com a adaptação à nova realidade, mas neste momento já estou “a todo o vapor”.

Felizmente estou numa atividade, que embora afetada pela pandemia do Covid-19, não sofreu reduções drásticas como o turismo e lazer. Durante este tempo em teletrabalho, constatei uma melhoria da produtividade pessoal dos profissionais com que contacto.

Reuniões mais eficazes

Sempre reduzi ao mínimo as reuniões de trabalho, pois considero a maior perda de tempo nas organizações. A generalidade das pessoas agenda reuniões porque não consegue tomar decisões sozinha, ou por ter a sensação de que estar ocupado é o mesmo que ser produtivo.

Devido à necessidade das videoconferências, que são mais cansativas do que as reuniões presenciais, os profissionais tendem a realizar menos reuniões, e quando as realizam são mais objetivos.

Menos tempo ao telefone

O telefone é um meio útil para certos esclarecimentos ou urgências. Devido à desorganização de grande parte dos profissionais, que deixam tudo para a última da hora, estes usam e abusam do telefone, que é um meio intrusivo de interromper o outro.

A pandemia modificou o conceito de urgência do trabalho para a saúde. Afinal já não existe tanta coisa urgente, e consequentemente telefona-se menos.

Maior eficiência com o email

Com menos reuniões e telefonemas, o email é agora o meio predileto de comunicação, sendo o “rei da comunicação”. Os profissionais respondem mais prontamente aos emails enviados, e criam novos emails para verem as suas situações resolvidas.

Em termos pessoais, é o meu meio preferencial de comunicação, porque desligo as notificações e tenho horas determinadas para ler e responder a mensagens, constituindo assim um canal de comunicação não intrusivo.

Conclusão

A pandemia do Covid-19 veio trazer novos hábitos de produtividade aos profissionais, com a obrigatoriedade do teletrabalho para muitas pessoas e organizações. Se em termos gerais foi disruptivo, e condicionou a atividade de muitas organizações, por outro lado, trouxe mais produtividade no trabalho com a utilização dos meios tecnológicos de uma forma mais eficaz.

3 Aplicações Para se Recordar dos Aniversários de Familiares e Amigos Mais Próximos

Lembrar do aniversário dos nossos familiares e amigos mais próximos é um ato agradável e de atenção, tanto para aqueles que são recordados, como para nós próprios, pois acabamos por sair no nosso umbigo e focar-nos no outro, nem que seja por um instante.

No Facebook, a única notificação que tenho ativada via email, é a mensagem com o aniversário dos amigos. Acontece que nem todos os meus familiares e amigos mais próximos têm o seu aniversário na rede social. Alguns, inclusive, já não têm conta sequer.

Isto levanta um problema, de que não consigo recordar-me por iniciativa própria de todas as datas. Já há alguns anos que coloquei os aniversários dos contactos mais importantes na agenda do Android juntamente com os números de telefone. Todos os contactos sincronizam automaticamente entre os dispositivos, mas por predefinição o Android não notifica as datas do aniversário, e até recentemente não me tinha lembrado de pesquisar uma aplicação para estes lembretes.

Basicamente existem aplicações para tudo e alguma coisa. No Android tem por exemplo as aplicações Aniversários, Lembretes de aniversários e Contacts' Birthdays, mas existem outras mais, sendo uma questão de escola pessoal. Além da vantagem de ser automaticamente notificado, pode configurar ainda o lembrete para uma hora específica.

Assim, já não tem desculpa para não se lembrar dos seus. Quando um familiar ou amigo mais chegado fizer o aniversário, tem uma notificação conveniente no seu telefone, podendo fazer a tal chamada para dar um pouco de atenção ao próximo.

Desafio 48 Leis do Poder Concluído!

Esta semana conclui o desafio 48 Leis do Poder, escrevendo um artigo por dia correspondente a cada lei. Esta autêntica “maratona” foi baseada no livro de Robert Greene com o mesmo nome.

É escusado de dizer que sou fã do trabalhado deste autor, que me abriu os olhos para os bastidores do poder: como as manobras de manipulação funcionam, e como as pessoas pensam e agem para atingirem os seus objetivos pessoais, usando táticas, digamos, menos convencionais.

A principal premissa do livro é a de que cada pessoa age no seu próprio interesse, não vendo meios para atingir os fins. Aliás, esta premissa está relacionada com uma das assunções da teoria económica moderna, em que os indivíduos pensam em primeiro lugar nos seus interesses, antes de pensarem nos outros.

Enganem-se aqueles que consideram que os conhecimentos das 48 leis do poder é apenas reservada aos que querem o poder, como progredir profissionalmente numa organização ou conseguir um cargo político.

Mesmo que a ambição não seja o que mais nos move, temos de aprender a viver em sociedade, e encornar formas de nos defendermos daqueles que nos querem usar para atingir os seus fins.

A única pena que tenho é não ter tido acesso a este livro de Greene mais cedo. A primeira publicação do livro 48 Leis do Poder foi em 1998. Mas como dizem: mais vale tarde que nunca!

Objetivos 2020: Revisão Trimestral

Objetivos 2020: Mapa Mental Revisão Trimestral

No início de 2020 tracei os meus objetivos anuais com a ajuda de um mapa mental. Neste artigo irei fazer uma revisão do mapa: modificando, acrescentando ou mesmo eliminando alguns objetivos, de forma a ter uma atualização dos objetivos em função das prioridades atuais. O exemplo da pandemia do Covid-19 é um bom exemplo de como as circunstâncias mudam, sendo necessário adaptar-nos a realidade atual na definição dos nos nossos objetivos pessoais.

As áreas de desenvolvimento, ou categorias de objetivos: pessoal, social, trabalho, dinheiro, saúde, casa e espiritual, por outro lado, mantêm-se as mesmas.

Existem dois erros que levam a que grande parte das pessoas a não manterem as suas resoluções ou objetivos de ano novo.

1.º Erro: Não rever regularmente os objetivos

O primeiro erro que a maioria das pessoas comete é não rever os seus objetivos de uma forma regular. A solução passa por agendar no calendário vários momentos ao longo do ano para esta tarefa. Eu, por exemplo, tenho agendado fazer uma revisão e atualização dos meus objetivos trimestralmente, como estou a fazer agora. Desta forma, já sei que no final de Março, Junho, Setembro e Dezembro de 2020 tenho de dedicar tempo à tarefa de revisão dos objetivos. Utilizo a aplicação gratuita XMind para a criação de mapas mentais.

2.º Erro: Não criar listas de tarefas

O segundo erro que a maioria das pessoas comete, é depois de reverem e atualizarem os seus objetivos, não criam projetos e tarefas que permitam a organização e a concretização dos mesmos. A utilização de um programa para a gestão de listas de tarefas é uma excelente opção para evitar este erro. Uso a aplicação Nirvana para organizar as minhas listas de tarefas, que foi desenvolvida de acordo com o método de gestão do tempo GTD. Esta aplicação é paga para tirar partido de grande parte das funcionalidades, mas existem outras alternativas gratuitas ou freemium como é o caso da Microsoft To DoTick Tick ou Todoist.

Dicas para a criação de objetivos, projetos e tarefas

  • Os objetivos em cada área ou categoria, são escritos seguindo a fórmula SMART (específico, mensurável, atingível, relevante e temporal), que é universalmente aceite pelos maiores especialistas em produtividade pessoal e gestão do tempo. Não vale a pena complicar mais neste aspeto.
  • Uma forma de validar um objetivo, uma espécie de “prova dos nove”, é perguntar o porquê, ou qual a razão da existência do objetivo. A resposta dará ou não o propósito de validação, a motivação por detrás de cada objetivo.
  • Um projeto é um conjunto de várias tarefas relacionadas, e a descrição do mesmo deve responder à seguinte pergunta: Como é que consigo medir o sucesso deste projeto?
  • Uma tarefa é definida por uma ação específica, não devendo haver dúvidas quanto ao que fazer.

Conclusão

Muitas pessoas estabelecem resoluções de ano novo, mas infelizmente grande parte delas desiste pelo caminho. O fracasso na prossecução dos objetivos tem origem em dois erros: não rever os objetivos regularmente e não criar listas de tarefas. Como em qualquer atividade que vale a pena na vida, a definição e revisão de objetivos exige experiência e aprender com os erros, sem nunca desistir pelo caminho.

Icons by Icons8

 

Momentos da Semana

Primeira semana em teletrabalho

Esta semana ficou marcada pela primeira semana na íntegra em teletrabalho, de segunda a sexta-feira. Os novos tempos requerem novos hábitos, sendo que notei que em casa é mais cansativo trabalhar que no escritório, possivelmente porque estou mais concentrado e não existem aquelas “mini pausas” em que se fala com um colega ou outro, aliviando a tensão do dia.

Praticar yoga online em direto

Nas dificuldades surgem oportunidades. O método de yoga que pratico não existe na minha área de residência, e sempre fui muito consistente fazendo yoga em casa quase diariamente ao longo dos últimos anos, com uma grande auto motivação e dedicação. Não compreendia porque não havia aulas em direto, para quem não tinha um professor perto. Agora tudo mudou, e muitas escolas de yoga ensinam o método que pratico em vídeo conferência. Fiz a minha primeira aula online em direto da Irlanda, sendo que vou comprar um passe online para continuar a prática junto da comunidade.

Quase a concluir o blogue leis do poder

Estou quase no final da maratona 48 Leis do Poder, em que escrevo uma lei por dia no blogue 48-leis-do-poder-blogs.sapo.pt. Nunca falhei um dia, e se tudo correr como previsto, terminarei este projeto durante a próxima semana. Esta obra de Robert Greene é um dos livros essenciais para quem quer conhecer como as manobras e os jogos do poder funcionam, sendo útil a quem queria progredir numa organização, fazer carreira na política ou apenas evitar manipulações daqueles que nos tentam usar para seu próprio benefício.

Investir na bolsa de valores

Continuo com o investimento na bolsa, através da negociação de ações recorrendo ao que é conhecido como day trading, comprando e vendendo a mesma ação no próprio dia. Trata-se de um método muito ativo de rentabilização financeira nos mercados, exigindo muitas horas, dias e semanas de trabalho a analisar títulos acionistas. Os mercados estão extremamente voláteis com o impacto do Covid-19, apresentado muitos riscos, mas também muitas oportunidades.

Introdução à Bolsa de Valores: Conhecer os Principais Índices de Ações Mundiais

Este tempo de recolha e contenção com a pandemia do Covid-19 condiciona a nossa atividade, porque deixamos de fazer muitas coisas que tomamos como facto adquirido.

Mas se por um lado não podemos nos envolver em certas rotinas, por outro lado é libertado tempo para desenvolver outras tarefas que possam ser executadas a partir de casa.

Aprender sobre a bolsa de valores

Uma destas tarefas, e para quem tem interesse ou inclinação para tal, é aprender sobre os mercados financeiros e a bolsa de valores. As baixas taxas de juro praticadas pelos bancos nos depósitos poupança e outros produtos similares, é um alerta para se procurarem formas alternativas de rentabilizar o dinheiro, por pouco que seja.

Neste artigo vou introduzir os mercados financeiros ao leitor ou leitora interessado nesta temática. Trata-se de uma área vasta e complexa à primeira vista, mas como em qualquer nova disciplina que se aprende, deve ser decomposta nas suas partes, e estudada passo a passo. No final do artigo encontra um pequeno exercício para colocar em prática o conhecimento.

Os mercados financeiros são compostos por muitos produtos em que se incluem as ações, obrigações, futuros, opções, forex, derivados, etc. Para efeitos de simplificação e introdução irei aqui abordar apenas o mercado de ações.

Acompanhar as notícias financeiras

O primeiro passado na aprendizagem dos mercados financeiros é acompanhar regularmente as notícias financeiras e conhecer os principais índices mundiais de ações. Um índice engloba um conjunto de várias empresas representativas de um segmento económico, e é constituído por ações que se compra e vende nas bolsas de valores.  Para tal, recomendo a aplicação do Yahoo Finance pela sua simplicidade, disponível tanto no Android como no IOS.

Na imagem seguinte encontra-se a página das notícias financeiras que podem influenciar os mercados, como por exemplo o impacto do coronavírus que estamos agora a viver. Digo que pode influenciar, porque não existe tal coisa como certezas no investimento da bolsa. Os mercados podem perfeitamente ser irracionais, que são compostos por um coletivo de pessoas, e irem contra o que se esperava de uma notícia.

Yahoo Finance Notícas

Ao clicar na aba dos mercados do Yahoo Finance tem acesso às principais bolsas de valores mundiais localizadas nos EUA, Europa e Ásia.

Índices Americanos

Os principais índices americanos são o Dow, S&P500 e Nasdaq. O Dow acompanha as 30 maiores empresas americanas como a Coca-Cola e McDonalds’s. O S&P 500 acompanha as 500 maiores empresas americanas em diversas indústrias e setores como a 3M Company e AT&T. O Nasdaq acompanha aproximadamente 3.000 empresas no setor tecnológico e de inovação como a Apple e Microsoft.

Yahoo Finance - Dow, S&P 500 e Nasdaq

Índices Europeus

Os principais índices europeus são o FTSE 100, DAX e CAC 40. O FTSE 100 é constituído pelas 100 ações mais representativas da Bolsa de Valores de Londres com o Barclays ou Royal Mail. O DAX é uma relação das 30 empresas com melhor performance da Alemanha como a Adidas, Allianz ou BMW. O CAC 40 reúne as 40 maiores empresas de França com a Accor e Peugeot.

Yahoo Finance - FTSE 100, DAX e CAC 40

Índices Asiáticos

Os principais índices amercados são o Nikkei, Hang Seng e Shanghai. Nikkei é o principal índice económico da Bolsa de Valores de Tóquio e conta com empresas como a Toyota, Honda ou Daikin. Hang Seng é o índice da Bolsa de Valores de Hong Kong tem empresas como a Industrial and Commercial Bank of China ou China Mobile Limited. O indíce da Bolsa de Valores de Shanghai tem empresas como a Air China ou Bank of China.

Yahoo Finance - NIkkei, Hang Seng e Shangai

A sua tarefa

Dedicar 15 minutos ao final do dia para ler os cabeçalhos das principais notícias do dia e consultar a evolução dos preços dos índices, respondendo a três perguntas:

Os índices subiram ou desceram hoje?

Houve alguma relação com as notícias?

Qual a evolução dos índices na última semana, mês, 1 ano, 5 anos?

 

Estado de Emergência Dia 1: Todos Em Casa

Depois de decretado o estado de emergência nacional, os serviços não essenciais da minha organização foram todos para casa em teletrabalho. Eu já estava a trabalhar a partir de casa no regime de rotatividade, mas agora é oficial: todos estão em casa com exceção daqueles cujas funções no terreno são fundamentais, e que devemos louvar por fazer o seu trabalho nestas condições.

Na minha rotina pouco mudou, pois levanto-me à mesma hora, visto-me como se fosse para o emprego, e começo a trabalhar no meu computador como habitual. Como já evitava fazer reuniões ao máximo, por causa da diminuição de produtividade, a questão de não ter reuniões presenciais até é uma bênção (dificuldade transformada em oportunidade!). Imagino que exista muita gente em pânico, pois não sabe fazer outra coisa que não reuniões.

Em relação à necessidade de exercício físico, já há muitos anos que pratico yoga em casa, e neste aspeto não mudou rigorosamente nada. Continuo ao final da tarde a estender o tapete numa divisão da casa e começar a prática. Sabe tão bem, é como fazer uma espécie de restart ao final do dia.

Talvez a minha facilidade de adaptação a esta nova rotina prenda-se com o facto de ser um indivíduo com uma personalidade maioritariamente introvertida, que ganha energia estando concentrada nas minhas ideias, ao contrário de um extrovertido que ganha a sua energia socializando com outros.

Não sei quanto tempo o estado de emergência irá permanecer, mas não existe altura melhor para fazer uma reflexão, e aproveitar o tempo para encontrar formas de ser mais produtivo.