Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

A Problemática das Formações Obrigatórias não Úteis numa Organização, e o que Fazer para Conseguir ser Produtivo e Manter a Reputação

Auditório com Cadeiras de Madeira

Mais uma semana de formação profissional, com três dias ocupado em sala. Se a isto acrescentar o feriado na sexta-feira, resta um dia útil para produzir trabalho nesta semana.

A maioria das ações de formação nas organizações são processadas para cumprir a obrigatoriedade das 35 horas de formação anual de acordo com o código do trabalho, que mesmo assim muitas empresas acabam por não cumprir.

Devido à obrigatoriedade legal das formações, muitas ações acabam por ter pouca qualidade, deixando os formando ocupados em atividades menos úteis, quando poderiam estar a ser mais produtivos no seu trabalho. Isto não significa que esteja contra as formações, mas a favor de formações de qualidade que vão de encontro às verdadeiras necessidades das pessoas.

Neste artigo quero explorar algumas ideias para a gestão do calendário no caso de formações obrigatórias menos úteis.

Bloquear a agenda com os compromissos futuros

Todas as formações profissionais, bem como os feriados, devem de ser bloqueados atempadamente no calendário, para um melhor planeamento da agenda.

Assim quando se faz a revisão semanal dos projetos e tarefas (senão não faz uma revisão deste tipo devia considerar), deverá incluir na lista de verificação a consulta do calendário das duas semanas seguintes. No meu caso, se tivesse feito esta verificação prévia, teria apercebido do feriado de sexta-feira, e não teria confirmado compromissos para o único dia útil de trabalho desta semana.

Dicas não convencionais para produzir em dias de formação profissional obrigatória

De seguida deixo algumas dicas pouco populares para conseguir "roubar tempo" e produzir ainda alguma coisa num dia de formação (isto se for possível). Inicialmente não achava correto aplicar alguma destas dicas, mas tenho observado que grande parte dos líderes nas organizações recorrem às mesmas para conseguir dar andamento ao seu serviço.

O tempo é das poucas coisas da vida que não se consegue recuperar nem comprar, portanto não há que ter vergonha. Tente é ser discreto na aplicação destas dicas como é óbvio.

As dicas para ganhar tempo estão dividas para as atividades fora e dentro da sala de formação.

Fora da sala de formação

  • Chegar ligeiramente mais tarde.
  • Fazer intervalos mais alargados.
  • Falar com o formador previamente da necessidade de ausência para um compromisso importante (esta dica só pode ser utilizada uma vez durante a formação para ser credível).

Dentro da sala de formação

  • Ler e preparar emails de resposta.
  • Ler e enviar mensagens com instruções de trabalho ou esclarecimentos.
  • Refletir num problema a resolver ou decisão a tomar.

Para não ficar mal visto com o formador e colegas é importante dedicar alguma atenção aos mesmos em alguns momentos da formação, tais como fazer perguntas e participar em discussões. Deste modo não fica com a sua reputação afetada, aproveitando o tempo produzir alguma coisa, que de outra forma ficaria por fazer, ou teria de fazer mais tarde.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D