Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

As 48 Leis do Poder de Robert Greene (Organizadas e Categorizadas)

ATUALIZADO a 08/05/2020

As 48 Leis do Poder de Robert Greene é uma obra indispensável para quem quer conhecer as ferramentas necessárias para 1) subir no poder e 2) defender-se de manipuladores.

O original deste artigo tinha as leis organizadas por categoria, mas depois verifiquei que estava a ir contra a filosofia de Greene, pelo que atualizei o artigo mantendo a ordem das leis. Muito importante, é saber que quase todas as leis têm exceções, em que se deve aplicar o inverso dependendo do contexto. As exceções são descritas a seguir a cada lei.

Como a célebre citação do tio do Homem Aranha (Peter Parker) dizia no filme: “Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades”. Portanto, utilize estas leis com precaução e contenção, evitando radicalismos.

Lei 1 – Não se sobreponha ao mestre. (Exceção à lei: quando o mestre é fraco e pode cair a qualquer momento).
Lei 2 – Tenha cuidado com os amigos. Use os inimigos (Exceção à lei: para fazer um trabalho sujo use os amigos porque estes confiam em si, mas tenha em atenção para não serem amigos "próximos" porque pode incorrer no risco de os perder).
Lei 3 – Não revele os seus objetivos (Exceção à lei: revele aos outros informação errada no sentido de os afastar do caminho).
Lei 4 – Diga o menos possível (Exceção à lei: nas situações em que pretende criar uma manobra de diversão para ocultar as suas verdadeiras intenções).
Lei 5 – Guarde a sua reputação (Exceção à lei: não existe).
Lei 6 – Atraia a atenção (Exceção à lei: quando está na presença dum superior forte evitando competir com o mesmo).
Lei 7 – Obtenha o crédito pelo trabalho dos outros (Exceção à lei: se ainda não tem uma grande reputação ou trata-se de um superior forte).
Lei 8 – Lance o isco para virem até si (Exceção à lei: no caso de um inimigo fraco, pode reagir imediatamente e resolver a situação).
Lei 9 – Não discuta. Demonstre (Exceção à lei: quando é apanhado numa mentira e quer criar uma manobra de diversão).
Lei 10 – A miséria é contagiosa. Evite-a como uma praga (Exceção à lei: não existe).
Lei 11 – Faça com que precisem de si (Exceção à lei: não existe, a menos que seja um J. P. Morgan ou John D. Rockefeller).
Lei 12 – Desarme os outros sendo simpático (Exceção à lei: no caso de já ser conhecido como um artista da deceção, esta lei não surte efeito. É preferível continuar com as suas artimanhas pois é o que esperam de sim).
Lei 13 – Mostre aos outros como podem beneficiar (Exceção à lei: quando encontra pessoas que se sentem superiores em ajudar os outros).
Lei 14 – Pareça um amigo. Aja como um espião (Exceção à lei: também poderá ser espiado. Neste caso, dê informações falsas aos seus espiões para os despistar).
Lei 15 – Aniquile o seu inimigo (Exceção à lei: quando o inimigo é demasiado fraco e cai por ele próprio. Assim escusa de ser visto como impiedoso).
Lei 16 – Cultive a ausência para ganhar influência (Exceção à lei: quando ainda não é reconhecido dentro de um grupo).
Lei 17 – Seja imprevisível (Exceção à lei: ser imprevisível com um superior forte pode o deixar desconfortável).
Lei 18 – Não se isole (Exceção à lei: quando precisa de tempo para pensar. Neste caso o isolamento deverá ser temporário).
Lei 19 – Conheça as suas vítimas (Exceção à lei: não existe).
Lei 20 – Não tire partidos (Exceção à lei: em algum ponto da sua vida terá de comprometer-se com alguém, mas não se deixe envolver emocionalmente).
Lei 21 – Faça os outros sentirem-se inteligentes (Exceção à lei: quando quer sobressair em relação aos seus concorrentes, mas não abuse ao tornar-se uma ameaça).
Lei 22 – Renda-se para ganhar (Exceção à lei: quando está perto de ganhar, não pare e continue até ao fim).
Lei 23 – Concentre os seus esforços (Exceção à lei: quando é mais fraco que o seu oponente, precisa de proteção ou de diversificar o seu risco).
Lei 24 – Siga as regras do jogo (Exceção à lei: não existe).
Lei 25 – Reinvente-se (Exceção à lei: não existe).
Lei 26 – Não suje as mãos (Exceção à lei: quando precisa de mostrar um erro para gerar simpatia, ou pretende intimidar os seus subordinados).
Lei 27 – Crie um culto de seguidores (Exceção à lei: quando existe a possibilidade das suas artimanhas serem descobertas).
Lei 28 – Seja audaz (Exceção à lei: não abusar desta leis para não ofender demasiadas pessoas).
Lei 29 – Planeie até ao fim (Exceção à lei: não existe).
Lei 30 – Pareça com seja fácil e não se gabe (Exceção à lei: ocasionalmente deverá revelar as suas técnicas, para não parecer paranoico).
Lei 31 – Controle as opções dos outros (Exceção à lei: por vezes pode ser mais vantajoso deixar os outros à vontade para conhecer as suas táticas).
Lei 32 – Cultive a fantasia nos outros (Exceção à lei: quando existe a possibilidade de ser desmascarado, pelo que é importante manter as promessas vagas e ambíguas).
Lei 33 – Utilize a fraqueza dos outros (Exceção à lei: quando sentir que está a ir longe demais, virando os outros contra si).
Lei 34 – Aja como a realeza (Exceção à lei: nunca faça isto à conta da humilhação dos outros, fazendo com que se virem contra si, ou sobrepondo-se demais constituindo neste caso um alvo a abater),
Lei 35 – Saiba qual o tempo certo (Exceção à lei: não existe).
Lei 36 – Ignore os pequenos problemas (Exceção à lei: quando existe a possibilidade de ferir a suscetibilidade de alguém, podendo virar-se contra si).
Lei 37 – Crie um espetáculo atraente (Exceção à lei: não existe).
Lei 38 – Misture-se com o rebanho (Exceção à lei: quando já tem poder pode isolar-se mais, mas não abuse do isolamento para dar-lhe um traço comum).
Lei 39 – Agite os seus inimigos (Exceção à lei: no caso de criar um monstro que não consiga controlar).
Lei 40 – Utilize o dinheiro a seu favor (Exceção à lei: em certas circunstâncias pode ser mais eficaz usar a técnica do “almoço grátis” para ter a atenção dos outros).
Lei 41 – Siga o seu próprio caminho (Exceção à lei: por vezes é benéfico emular o que se fez de bem no passado, mas tenha em atenção para não ficar agarrado ao mesmo).
Lei 42 – Elimine o desordeiro (Exceção à lei: por vezes pode ser mais útil manter um oponente por perto, enquanto remove as suas bases de suporte, especialmente se existe possibilidade de vingança).
Lei 43 – Conquiste corações e mentes jogando com as emoções e fraquezas dos outros (Exceção à lei: não existe).
Lei 44 – Espelhe as emoções dos outros (Exceção à lei: quando as pessoas esperam que se comporte de um certo modo. Não abuse desta lei ou as pessoas poderão sentir-se usadas).
Lei 45 – Introduza a mudança aos poucos (Exceção à lei: durante tempos de estagnação as pessoas estão sedentas de mudança, mas esteja atento ao humor do público desacelerando as reformas a qualquer momento).
Lei 46 – Não provoque a inveja (Exceção à lei: quando está no poder e não pode fazer nada contra a inveja. Neste caso mostre desdenho pelos que o invejam. Os seus oponentes irão contorcer-se).
Lei 47 – Saiba quando parar (Exceção à lei: assegure-se que não para às portas da vitória para esmagar o seu oponente, mas neste caso não exagere criando novos inimigos).
Lei 48 – Seja elusivo (Exceção à lei: existem alguns momentos em que é preciso concentrar toda a sua força e atacar).

Para uma informação mais completa do trabalho de Robert Greene, consulte o novo blogue 48-leis-do-poder-blogs.sapo.pt, com o resumo alargado do livro.

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D