Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

Os 5 Níveis da Independência Financeira

Quando pensamos na independência financeira, à primeira vista podemos ficar confusos, porque o seu significado pode ter conotações diferentes para cada tipo de pessoa.

Por exemplo, todos reconhecemos que tanto Bill Gates com Warren Buffet atingiram a sua independência financeira. Mas quando ao resto do comum dos mortais?

Para ajudar a clarificar esta questão, irei dividir a independência financeira de um indivíduo em cinco níveis.

Nível 1 - Sobrevivente

O sobrevivente é a pessoa que infelizmente teve pouca sorte na vida, e que possivelmente depende do estado para providenciar a sua subsistência como casa ou alimento.

Nível 2 - Remediado

O remediado tem o ordenado mínimo ou perto disso, vive numa casa arrendada modesta, anda cheio de dívidas de consumo, e sempre a contar o dinheiro até ao último tostão não chegando ao final do mês.

Nível 3 - Confortável

O confortável provém da classe média (em vias de extinção), e possui um emprego mediano. Possivelmente comprou a sua própria casa, mas como não abunda em rendimentos, o seu ordenado mal dá para cobrir as despesas, poupando pouco ou nada.

Nível 4 - Muito confortável

O muito confortável teve a sorte de conseguir um bom cargo numa organização, ou é dono de um negócio de sucesso. Tem a sua casa própria com todos os confortos modernos, e possivelmente já investiu em uma ou mais casas para passar férias ou obter rendimentos. Consegue poupar parte do seu vencimento e está preparado para as incertezas do futuro.

Nível 5 - Livre

O livre é o último nível da independência financeira. Encontram-se aqui os Bill Gates, Warren Buffets e muitos outros. Estes já não precisam de trabalhar, podendo viver exclusivamente dos rendimentos dos seus negócios e investimentos. Vemos muitas vezes estas pessoas em atividades de filantropia, escolhendo os projetos em que querem participar e em que acreditam.

Conclusão

O nível 1 (sobrevivente) é o mais duro, seguido logo de seguida pelo nível 2 (remediado). O nível 3 (conforto) está em vias de extinção, à medida que o poder de compra da classe média continua a cair, ano após ano. Restam os níveis 4 e 5 (muito confortável e livre).

O nível 5 (livre) é extremamente improvável ou difícil de atingir-se, exceto ganhando o Euromilhões ou inventando a nova fórmula da Coca-Cola.

O nível 4 (muito confortável) é praticamente o único que ainda dá alguma possibilidade (por mais pequena que seja) de concretização. É no entanto um nível extremamente competitivo.

Como o célebre slogan de reflexão da RFM diz: JÁ AGORA, VALE A PENA PENSAR NISTO.

3 comentários

Comentar post