Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

The Daily Habit

Diário de produtividade pessoal

The Dailies, Edição #3: A Semana em Retrospetiva

Backpacker a olhar paisagem em montanha

Este artigo pretende fazer uma retrospetiva da minha semana a nível de produtividade pessoal e gestão do tempo. Do que correu bem e o que podia melhorar.

Anteriormente esta rubrica chamava-se The Brief, tendo o nome mudado para The Dailies nesta edição, para ir de encontro ao nome do blogue propriamente dito, e também inspirado pelo coach de produtividade Mark Vardy de Productivyist.

Método GTD de gestão de tarefas

O sistema que estou a utilizar para gerir as minhas tarefas é baseado no método GTD de David Allen, e que vem descrito no livro do mesmo autor GTD - Fazer Bem as Coisas. Logo no início quanto comprei este livro não consegui implementar o método. Só mais tarde, à cerca de dois anos, e após ter lido o livro the How to be a Produtivity Ninja de Graham Allcott, que exemplifica como pode ser implementado o sistema GTD, consegui introduzir o mesmo na minha gestão de tarefas.

Este método é muito bom para compartimentar as áreas da minha vida, mas não tão bom no estabelecimento de objetivos e de uma visão geral para o futuro. Ainda estou a testar um novo método que possa ajudar neste sentido com algum grau de satisfação.

Aplicação de gestão de tarefas e áreas da minha vida

No meu programa de gestão de tarefas, o Nirvana, tenho atualmente cinco áreas que estou a desenvolver: trabalho, pessoal, carreira, finanças e coaching.

A área do trabalho tem a ver com o meu emprego propriamente dito, e inclui todas as tarefas relacionadas com a organização onde estou a exercer funções profissionais atualmente.

A área pessoal é tudo o que faço a nível pessoal e familiar, incluindo saúde e tempos livres.

A área da carreira inclui o desenvolvimento profissional e a procura por novas oportunidades de trabalho.

A área das finanças pretende conhecer as possibilidades de investimento e aplicar as minhas poupanças nos melhores produtos.

Por fim, a área do coaching está relacionada com o projeto de produtividade pessoal e gestão do tempo, em que se inclui este blogue.

Equilibrar as várias áreas

Com o feriado do dia 1 de maio e as férias da Páscoa, a semana passada acabou por ficar desequilibrada, não dando a devida atenção a certas áreas. Por vezes penso que talvez tenha áreas a mais, contribuindo para uma diminuição da minha produtividade.

As áreas trabalho e pessoal são essenciais e não facultativas, porque providenciam os meus rendimentos e o bem estar emocional. Já as outras restantes três áreas (carreira, finanças e coaching) são discutíveis em função das minhas prioridades.

Nestas últimas três áreas importa saber o tempo que pretendo dedicar a cada uma. Por exemplo, escolher um depósito a prazo corrente ou um certificado de aforro não exige muito tempo. Basta escolher vários produtos existentes no mercado, fazer um comparativo e depois aderir ao mesmo, só reiniciando o processo um ano depois quanto vencerem os juros.

Por outro lado, para fazer investimentos nos mercados financeiros com a possibilidade de ter algum sucesso, é preciso dedicar bastante tempo para estudar os métodos de análise e outras particularidades deste tipo de investimento.

Dividir a semana em dias temáticos

O perigo de mudar de contexto frequentemente é que perdemos tempo na mudança do tipo de atividade. Este facto está presente num estudo referido no livro Scrum - A Arte de Fazer o Dobro do Trabalho em Metade do Tempo de Jeff Sutherland.

Se considerar cada contexto como área, e de acordo com a teoria de Sutherland, será pouco produtivo trabalhar por exemplo todos os dias nas cinco áreas atrás referidas, pois a mudança constante de contextos irá fragmentar o meu tempo e reduzir o meu foco.

Como já tinha tinha sido referido atrás no artigo não posso mudar o trabalho nem a vida pessoal, mas posso gerir como dedico o meu tempo às áreas da carreira, finanças e coaching.

Assim sendo, na próxima semana irei dividir os dias por temas, também inspirado por Vardy, um dos grandes proponentes deste método de gestão do tempo. Ou seja, além das atividades diárias inerentes ao meu trabalho e vida pessoal, irei dedicar os dias da semana às seguintes atividades:

-Segunda-feira: finanças.

-Terça-feira: carreira.

-Quarta-feira: carreira.

-Quinta-feira: coaching.

-Sexta-feira: coaching.

Termino assim esta edição do The Dailies, o diário da minha produtividade pessoal com a retrospetiva da minha gestão do tempo semanal. No próximo sábado será publicada nova edição.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub